Follow by Email

domingo, 27 de janeiro de 2013

Musculação: pesos livres X máquinas

Olá!

É rotineira a discussão, dentro e fora das academias, sobre qual a melhor forma de estimular os diversos grupos musculares, se pesos livres ou máquinas. Quando entramos em uma sala de treinamento as máquinas chamam a atenção, cada vez mais modernas, porém halteres imensos e barras cheias de anilhas também são vistosos... Qual o caminho a seguir?

Quando comecei a fazer musculação não sabia nada sobre a atividade e queria usar os equipamentos que me possibilitassem um progresso mais rápido, aliás é o que todos querem né? Tive sorte de começar minha prática de musculação muito bem orientada, o que possibilitava um treinamento amplo e bem explorado tanto nas máquinas como nos pesos livres. Obtive resultados bons, a custa de muito esforço e dedicação, sempre achei que as máquinas me davam maior conforto e  segurança durante a execução dos exercícios.

Inciantes

Quando a musculação virou profissão para mim, conheci equipamentos mais modernos, hoje acredito que se você dispõe de equipamentos com alavancas biodinâmicas e unilaterais (que obrigam a fazer força igual nos dois lados), eles se mostram vantajosos, principalmente aos iniciantes, pois permitem que a contração obedeça a um ângulo variável , que obriga o músculo a contrair-se praticamente por igual durante todo o movimento, e tornam o treino mais rápido, já que não é necessário montar e desmontar pesos na maioria das máquinas. Entendo que para os inciantes e intermediários na musculação precisam de muita atenção e aprendizado nesta fase, as máquinas fazem com que o aluno esteja mais preparado para os exercícios mais complexos que virão a seguir.
Mas preste atenção, isso vale para as máquinas mais modernas das melhores marcas, normalmente são muito caras e importadas, com isso o normal é encontra-las somente nas grandes academias. Já vi e experimentei cada aparelho inacreditável que ao invés de ajudar até atrapalha, ou porque o ângulo do posicionamento para a execução do exercício não ajuda, ou porque não possuía ajustes suficientes para pessoas altas ou baixas, vi até alguns aparelhos com falta de carga e  precisando colocar caneleiras ou halteres extras para aumentar sobrecarga.

Avançados
Já para os praticantes avançados, totalmente adaptados à prática de musculação, a prática com pesos livres é mais indicada, pois músculos fortes necessitam de mais estímulos e variação de exercícios,  o que possibilita a prática de treinos mais intensos e rigorosos, incluindo mais exercícios com pesos livres, mas sem abandonar as máquinas.
Os exercícios com pesos livres possuem a vantagem de ter maior variação, com isso a ação de músculos estabilizadores é aumentada, tornando assim os exercícios mais intensos. Por isso é necessário que seu corpo esteja preparado para treinar mais pesado, com os músculos fortes e movimentos minuciosos, já adaptados nas máquinas previamente.
Normalmente este exercícios exigem mais energia do praticante e são ótimas opções para correção de diferenças de medidas, porém exigem muita exigem muita perícia na execução pois há um certo grau de risco de lesões, principalmente na coluna.

Conclusão
Não existe benefício maior entre pesos livres ou máquinas, resultados bons acontecem independente do que se usa para treinar, e sim como se treina. Os exercícios devem ser seguros e adaptados para a sua necessidade, o segredo é começar adaptando o corpo e depois partindo para desafios maiores. Um bom treino contém diversos exercícios, o que vale mesmo é treinar com dedicação.
Como saber quando deve ser a transição de fase, de inciante para intermediário e avançado? Seu professor é que vai dizer! 
Independente da condição do aluno, seja inciante ou avançado, em todos os casos os exercícios devem ser orientados pelo professor. Ele é a única pessoa que pode elaborar treinamentos e dar a devida orientação sobre a execução dos movimentos. Vejo nas salas de musculação praticantes vindo com treinos prontos elaborados pelo google, ou copiando os treinos daqueles que estão na academia há anos, cuidado! Você pode estar gastando tempo e dinheiro a toa, pois o treino é individual e elaborado de acordo com o que você precisa, exercícios errados ou métodos de treino errados vão lhe trazer resultados indesejados, com certeza.

Grande abraço, bons treinos!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por participar do Blog, Fique à vontade para perguntar e contribuir. Grande Abraço, Dani.